Você está aqui: Entrada / O ICNF / Notícias / Destaques / Onda de calor e águia-imperial-ibérica

Onda de calor e águia-imperial-ibérica

Onda de calor e águia-imperial-ibérica

A onda de calor registada no período de 16 a 22 de junho provocou a queda antecipada de 4 crias de 2 ninhos de águia-imperial-ibérica, um em Mértola e outro na zona do Tejo Internacional.

 
Em Mértola, onde as temperaturas ultrapassaram os 40ºC durante vários dias, dois irmãos foram empurrados para fora do ninho pelo mais velho, situação relativamente comum nestas circunstâncias. O mais novo foi recolhido no chão pelo ICNF e o do meio foi vigiado também por técnicos da LPN do projeto LIFE-Imperial, o qual já apresentava capacidades de voo para voltar à árvore suporte do ninho e posteriormente, registou-se a sua presença no ninho.
 
Nestas situações o trabalho a fazer passa por recolher as crias do chão, avaliar a existência de lesões e o índice corporal. No caso de Mértola, a cria mais nova acabou por ser mantida nas instalações do Parque Natural do Vale do Guadiana durante uma semana e meia, até que se verificasse uma maior autonomia de voo dos irmãos e uma diminuição da sua presença no ninho.
 
aguiafig2.jpg  aguiafig1.jpg
 
No dia 28 junho, após consulta no veterinário e marcação com emissor GSM, a cria de águia-imperial-ibérica voltou a ser recolocada no ninho com o auxílio de um técnico da Tragsatec, entidade parceira do Life Imperial e que ao mesmo tempo atua sob coordenação da administração central espanhola (MAGRAMA), ao abrigo do Memorando de Entendimento Hispano-Luso para a conservação da águia-imperial-ibérica e do lince-ibérico.
 
Estes ninhos, tal como todos os outros no concelho de Mértola, situam-se dentro de zonas de caça, sendo estes processos de monitorização e intervenção, sempre acompanhados pelos gestores e proprietários destas zonas.
 
A monitorização do ninho permitiu identificar a situação de risco, acompanhar o processo de emancipação, identificar a melhor altura para a sua devolução e, no final, verificar o seu sucesso, com a observação dos pais a alimentarem a cria mais nova enquanto os irmãos, já emancipados, voavam na envolvente.

 

Com a colaboração de todos os atores foi possível garantir a emancipação de mais três novas águias-imperiais-ibéricas.

Acções do Documento