Você está aqui: Entrada / TURISMO DE NATUREZA / Visitar as Áreas Protegidas / Parques Naturais / Parque Natural do Alvão / Percurso Agarez - Arnal - Agarez

Percurso Agarez - Arnal - Agarez

Parque Natural do Alvão (PNAl). Percurso pedestre Agarez - Arnal - Agarez. Breve descrição. Pontos de interesse.
PNAl -  granito em bolas PR Agarez-Arnal visitantes
Granito em bolas e visitantes percorrendo o trilho (® Henrique Pereira).
Na planificação da sua visita deverá ter em consideração as recomendações descritas no Código de Conduta e Boas Práticas [PDF 1,6 MB] das e dos visitantes nas Áreas Protegidas, bem como os conselhos úteis que apresentamos em "Relacionados", à esquerda desta página, para melhor desfrutar da sua visita.
 
Percurso pedestre circular, com caminhos de pé posto, carreteiros e troços de estrada alcatroada. 
 
Folheto [PDF 338 KB] do percurso.
 
Acesso: a partir da IP4 -  saída Vila Real / hospital, seguir direção hospital / Lordelo / Agarez.
Ponto de partida e chegada: estrada municipal nº 1214 entre Agarez / Arnal.
Partida: caminho pedestre à saída de Agarez no sentido de Galegos da Serra.
Chegada: Arnal.
Extensão: 6,5 km. 
Duração: 3 horas (aproximadamente). 
Dificuldade: alta. 
Cota mínima máxima: 700 m e 1.000 m.
Apoios: parque de merendas, antes do desvio para Galegos da Serra, na proximidade da queda de água do moinho de Galegos. Café e telefone (Agarez e Galegos da Serra). Com marcação prévia, possibilidade de estadia no Centro de Acolhimento do Parque Natural do Alvão, em Arnal.  
 

Breve descrição

Para quem gosta de longas caminhadas em contacto com a Natureza, este percurso oferece paisagens de rara beleza,  permitindo o contacto com o mundo rural e um vasto património natural e cultural. Saindo da aldeia de Agarez, o percurso desenvolve-se pela área serrana de Galegos da Serra, junto à ribeira de Arnal, de vale muito encaixado e profundo. Com excelente panorâmica sobre toda a zona envolvente e mesmo sobre a cidade de Vila Real, nele se encontram duas aldeias ladeadas de campos agrícolas, de rebanhos de cabras e de vacas da raça maronesa em pastoreio. Do alto da "Escola Ecológica" contemplam-se os cabeços graníticos do Arnal.
 

Pontos de interesse

Paisagem de grandes contrastes entre verdes campos e declives rochosos. 
Arquitetura tradicional de Galegos da Serra e Arnal.
Caos granítico1 de Arnal.
Amplas vistas sobre a cidade de Vila Real e regiões circundantes.
 
1 Caos granítico
Na zona de Agarez-Arnal o granito é biotítico, pós-tectónico. Ali observa-se o chamado "granito em bolas", um granito de formas grosseiras que dá origem a uma paisagem agreste e caótica (caos granítico). Sob o aspeto morfológico existem contrastes de relevo acentuado, em contraponto com zonas aplanadas (zona da barragem cimeira). Do relevo existente convém assinalar o imponente morro que domina a aldeia de Arnal (catedral granítica).

Topo