BTT Rio de Fornos

Parque Natural de Montesinho (PNM). Percurso BTT - Rio de Fornos. Breve descrição. 'Roadbook'.
PNM - paisagem de bocage PNM - paisagem
Paisagem de "bocage" e vista do vale da ribeira de Ladrões (® Telmo Afonso).
 

Na planificação da sua visita deverá ter em consideração as recomendações descritas no Código de Conduta e Boas Práticas [PDF 1,6 MB] das e dos visitantes nas Áreas Protegidas, bem como os conselhos úteis que apresentamos em "Relacionados", à esquerda desta página, para melhor desfrutar da sua visita.

Acesso: estrada municipal 316 [Vinhais - Moimenta].
Ponto de partida e de chegada: aldeia de Rio de Fornos.
Extensão: 11,8 km. Em asfalto: 1,3 km. Em terra: 10,5 km.
Duração aproximada: 1h:30min.
Dificuldade: média-baixa.
Cota mínima / máxima: 690 m / 950 m.
Apoios: restaurantes em Vinhais. Alojamento em Rio de Fornos, Travanca e Vinhais, bem como nas Casas do Parque Natural de Montesinho ou em casas privadas de turismo.
 
 

Breve descrição

PNM - castanheiros PNM - Folha e bolota de carvalho-negral Quercus pyrenaica - TA
Castanheiros em flor e carvalho-negral Quercus pyrenaica no percurso (® Telmo Afonso).
 
O percurso estrutura-se em torno de um troço da ribeira de Ladrões, afluente do rio Tuela, que quase toca a aldeia de Travanca, na serra da Coroa.
 
Depois de deixar para trás a aldeia de Rio de Fornos, o percurso, sempre a subir, atravessa uma área de soutos vislumbrando-se ao fundo a ribeira de Ladrões.
 
A paisagem é dominada por extensas matas de carvalho e por lameiros onde as cortinas ripícolas (i. e. das margens dos cursos de água) são bem visíveis, nas quais prevalece o freixo Fraxinus spp. e o amieiro Alnus glutinosa.
 
À medida que se sobe, as encostas tornam-se mais suaves e na paisagem podem-se ver  algumas terras de cultivo de cereais.
 
Já no sentido descendente, e ainda antes de aparecerem grandes manchas de carvalhal Quercus spp., o percurso atravessa áreas de matos em que domina a giesta Cytisus spp. e a urze Erica spp..
 
Ao cruzar pela segunda vez a ribeira de Ladrões, os lameiros entrelaçam-se com o carvalhal e com algumas hortas pondo termo ao percurso na aldeia de Rio de Fornos.

Topo