BTT Serra de Montesinho

Parque Natural de Montesinho (PNM). Percurso BTT - Serra de Montesinho. Breve descrição. 'Roadbook'.
PNM - serra de Montesinho PNM - serra de Montesinho estradão
Serra de Montesinho e estradão (® Telmo Afonso).
 

Na planificação da sua visita deverá ter em consideração as recomendações descritas no Código de Conduta e Boas Práticas [PDF 1,6 MB] das e dos visitantes nas Áreas Protegidas, bem como os conselhos úteis que apresentamos em "Relacionados", à esquerda desta página, para melhor desfrutar da sua visita.

 
Acesso: estrada nacional 103-7 a partir de Bragança.
Ponto de partida e de chegada: aldeia de Montesinho.
Extensão: 43,8 km. Em asfalto: 2,15 km. Em terra: 41,65 km.
Duração aproximada: 6 h.
Dificuldade: alta.
Cota mínima / máxima: 662 m / 1300 m.
Apoios: restaurantes em Montesinho, Soutelo, Rabal e Bragança. Alojamento em Montesinho, Bragança, bem como nas casas do Parque Natural de Montesinho ou nas casas privadas de turismo.
 
 

Breve descrição

Este percurso está inserido no maciço da serra de Montesinho, numa zona onde se vislumbra o contacto geológico entre o granito e o xisto.
 
O percurso inicia-se na aldeia de Montesinho em direção ao cruzamento das cruzes, onde se deixa o asfalto seguindo um estradão em terra batida em direção à barragem de serra Serrada, podendo desfrutar da beleza paisagística da serra de Montesinho.
 
Após a passagem sobre o rio Sabor, inicia-se uma descida prolongada até à aldeia de Cova de Lua, onde se pode apreciar dignos exemplos de arquitetura popular, como os afamados pombais e o casario transmontano.
 
PNM - casa tradicional  PNM - pombais da Cova de Lua
Casa tradicional (aldeia de Montesinho) e pombais tradicionais de Cova de Lua (® Telmo Afonso).
 
Continuando em terra batida até à aldeia de Soutelo, passando por alguns lameiros e zona de carvalhal, pode retemperar forças no café da aldeia.
 
Continue em direção à aldeia de França, atravessando a encosta sul da Lastra, onde o caminho é ladeado por extenso urzal. ;A descida para aquela aldeia é bastante acentuada, podendo apreciar ao fundo o vale encaixado do rio Sabor e a veiga de França.
 
Depois de deixar a aldeia de França, junto à igreja, siga à direita. Ao principiar a subida, inicia um pitoresco e agradável percurso, onde o som do rio é constante e a beleza do vale que o rio Sabor foi escavando ao longo dos tempos oferece fragas monumentais e encostas quase a pique. Mais à frente, passará na zona do antigo viveiro das trutas (Prado Novo) e, no cruzamento perto da junção do rio Sabor com a ribeira das Andorinhas, vire à direita e siga esta na direção da aldeia de Montesinho.
 

Após a paisagem deslumbrante junto ao rio, prepare-se para uma acentuada subida onde a vista admirável sobre o vale da ribeira, o rio Sabor e o alto da serra o(a) ajudam até vislumbrar de novo a aldeia de Montesinho!

Topo