Informação Geral

Informação geral para a visita ao Parque Natural da Serra da Estrela (PNSE). Quando visitar? Pontos de interesse. Mapa.

Mapa / Folheto informativo 

pne1 pne2 pne3

Na planificação da sua visita deverá ter em consideração as recomendações descritas no Código de Conduta e Boas Práticas [PDF 1,6 MB] das e dos visitantes nas Áreas Protegidas, bem como os conselhos úteis que apresentamos em "Relacionados", à esquerda desta página, para melhor desfrutar da sua visita.

Percorrer o Parque Natural da Serra da Estrela é uma atividade que não pode esquecer durante as suas férias ou fim de semana nesta região e é uma experiência única.
 
Ficam aqui algumas sugestões para a realização de percursos pedestres e de automóvel, bem como a identificação dos locais mais emblemáticos e outros pontos de interesse, que poderá visitar de modo a que possa desfrutar o melhor possível da beleza extraordinária da paisagem, consolidar conhecimentos e divertir-se durante a visita.
 
Se optar por andar a pé, os percursos sinalizados permitem-lhe um contacto mais direto com a natureza e, simultaneamente, conhecer valores do património natural, paisagístico e cultural.
 

Antes de fazer qualquer caminhada, consulte a Área Protegida para obter mais informações sobre os percursos, incluindo o seu estado de conservação.  

Informa-se que o ICNF não se responsabiliza por quaisquer problemas que possam surgir no decorrer dos percursos sugeridos.
 
 

Quando visitar?

O Parque Natural da Serra da Estrela pode ser visitado em qualquer altura do ano, dependendo no entanto, do que se quer ver e da zona que se quer visitar.

Antes de iniciar a visita, informe-se da previsão meteorológica. Se estiver nevoeiro não deve programar visitas nas zonas mais elevadas e isoladas. Numa montanha como a Estrela, a altitude com a rarefação do ar, o frio, a neve, o gelo e os nevoeiros constituem fatores de dificuldade que devem ser levados com atenção. Devido à altitude, a insolação é muito forte podendo provocar golpes de calor ou queimadoras solares. Previna-se!

No Planalto Central, acima dos 1500 m, de dezembro a maio, o solo encontra-se, frequentemente, coberto de neve, pelo que se deve ter em atenção, as recomendações da Autoridade Nacional de Protecção Civil, evitando desagradáveis contratempos, tanto nas estradas como nos caminhos. Assim, no Planalto Central, a época ideal para visitas é de maio a outubro. 

As cores das árvores no outono, o aconchego das povoações no inverno, os cervunais e relvados floridos na primavera e o azul do céu no verão, fazem, de todas as épocas, um motivo para uma visita de descoberta da Estrela.

Pontos de interesse

Sítios de interesse natural e cultural nos territórios de...

Celorico da Beira
Natural - Penha de Prados.
Cultural - Linhares, Prados.
 
Covilhã
Natural - Covão do Boi, Pedra do Urso, Varanda dos Pastores, Vale de Unhais, Vale das Cortes, Covão do Ferro, Vale de Beijames, Vila de Mouros.
Cultural - Unhais da Serra, Sarzedo, Cortes.
 

Gouveia
Natural - Cabeça do Velho, Curral do Negro, Sumo do Mondego, Vale do Rossim, Mondeguinho, Taloeiro.
Cultural - Folgosinho, Melo, Sra. do Monte, Sra. de Assedace, Casais de Folgosinho.

Guarda
Natural - Caldeirão.
Cultural - Vila Soeiro, Mizarela, Valhelhas, Planalto de Videmonte, Sra. do Soito.

Manteigas
Natural - Vale do Zêzere, Covão da Ametade, Nave de Santo António, Poço do Inferno, Fragão do Corvo, Poios Brancos.
Cultural - Penhas Douradas, Fonte Santa, Covão da Ponte, São Lourenço.

Seia
Natural - Cabeça da Velha, Fervença, Sumo da Caniça, Garganta de Loriga, Poço da Broca, Penha do Gato, Cabeço de Santo Estevão, Fraga do Alvoco.
Cultural - Sra. do Desterro, Valezim, Vale de Loriga, Vale de Alvoco, Vale do Alva. 

Topo 

Mapa

Clique na imagem para ampliar [JPG 101 KB]

PNSE - mapa com legenda

- Folheto informativo [ZIP 5,5 MB];