PR de Esperança

Parque Natural da Serra de São Mamede (PNSSM). Percurso pedestre de Pequena Rota (PR) de Esperança. Pontos de interesse. Paisagem, flora, fauna e arqueologia. Marcador para visualização no Google Earth. Folheto (inclui mapa).

PNSSM- Esperança casas típicasPNSSM - pinturas rupestres - lapa dos Gaivões
Casas típicas em Esperança e pinturas rupestres na Lapa dos Gaivões. 

Na planificação da sua visita deverá ter em consideração as recomendações descritas no Código de Conduta e Boas Práticas [PDF 1,6 MB] das e dos visitantes nas Áreas Protegidas, bem como os conselhos úteis que apresentamos em "Relacionados", à esquerda desta página, para melhor desfrutar da sua visita.

Folheto [PDF 975 KB] - inclui mapa.

Ponto de partida e de chegada: igreja da aldeia da Esperança.
Extensão: 16,1 Km.
Duração: 5h.
Dificuldade: média.
Apoios: sinalização e folheto.

Veja o percurso no Google Earth usando este marcador - PR de Esperança [KMZ 11 KB]

Percurso pedestre circular com ênfase na paisagem, flora, fauna e arqueologia.

Colinas e planuras, sobreiros, azinheiras e oliveiras, "montes" e montados. Casas baixas, grandes extensões de terra.

Um ribeiro, que é fronteira, une Portugal e Espanha.

Pinturas na pedra aproximam-nos das populações humanas de há 3000 anos.

Pontos de interesse

Do ponto de vista geomorfológico esta região estabelece a transição entre o maciço de S. Mamede e a planície alentejana. O montado de sobro Quercus suber, assume particular relevância na região. De entre a vegetação arbustiva domina, sem dúvida, a esteva Cistus ladanifer.

1 - Esperança - aldeia com características tipicamente alentejanas. Com habitações de um só piso, caiadas com cal branca com barras de ocre, dão à fachada cor e beleza.

2 - Marco - localidade fronteiriça, junto à ribeira de Abrilongo.

3 - Pinturas rupestres da lapa dos Gaivões - pinturas monocromáticas, de tons vermelhos. A idade destas pinturas deve rondar os 2.500 - 3.000 anos a.C..